Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Áreas portuárias em Santos e Paranaguá são arrematadas por mais de R$ 148 milhões

Desde o início do ano, o governo já realizou 26 leilões, entre portos, aeroportos, ferrovias, rodovias e distribuidoras e geradoras de energia

Repórter Nacional

No AR em 13/08/2019 - 18:00

O terminal de granéis líquidos, destinado à movimentação e armazenamento de combustíveis, do Porto de Santos, foi arrematado por R$ 35 milhões. 

Já o terminal de granéis sólidos minerais, que opera principalmente fertilizantes e outro tipos de sal, saiu por R$ 112,5 milhões. 

Em Paranaguá, o terminal destinado à carga de celulose foi arrematado por R$ 1 milhão. O dinheiro vai direto para os cofres da União. Os operadores vão administrar os terminais pelos próximos 25 anos e terão de investir cerca de R$ 420 milhões. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, comemorou o resultado do leilão.

O Ministério da Infraestrutura estima que até 400 empregos diretos devam ser gerados. E isso é apenas uma pequena parte do impacto que o programa de vendas e concessões do governo federal pode trazer para o mercado de trabalho. O programa de parcerias e investimentos, o PPI, soma cerca de R$ 260 bilhões em investimentos nos próximos anos. O maior programa de concessões do mundo foi integrado à Casa Civil e deve tirar do papel programas em várias frentes, explica a secretária do PPI Martha Seillier. 

O leilão de hoje ocorreu na Bolsa de Valores de São Paulo. 

Também são destaques do Repórter Nacional - Edição das 18h dessa terça-feira (13):

- Presidentes dos três Poderes recebem Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho

- Medida Provisória que regulamenta trabalho aos domingos e feriados deve ser votada hoje na Câmara dos Deputados 

- Na Argentina, mercado reage à derrota de Maurício Macri nas eleições primárias

Criado em 13/08/2019 - 19:10

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa