Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Economista analisa queda da inflação

Professor de economia explica os dois efeitos combinados no índice da inflação: queda favorável no setor de alimentos e, por outro lado, um custo maior no setor energético (combustíveis e setor elétrico)

Revista Brasil

No AR em 11/01/2018 - 13:17

O programa Revista Brasil conversa com o professor de economia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Agostinho Pascalicchio, sobre a queda da inflação, divulgada pelo Banco Central e pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quarta-feira (10). Ele explica os dois efeitos combinados no índice inflacionário: queda favorável no setor de alimentos e, por outro lado, um custo maior no setor energético (combustíveis e setor elétrico).

Supermercado

Segundo Pascalicchio, a queda da inflação – mesmo com os aumentos da gasolina, que tem uma estrutura cara de prospecção e/ou produção, e do gás - deve ser analisada com base na queda dos preços dos alimentos, que gera até uma deflação, que deve se manter enquanto houver uma boa safra, e também numa expectativa para 2018.

O professor afirma ainda que a população de baixa renda vai perceber a queda da inflação, imediatamente, nos preços dos alimentos, mas de resto, dependerá da forma como ela consumir.

Ouça a entrevista completa no player.

Revista Brasil vai ao ar de segunda a sábado, às 8h, pela Rádio Nacional de Brasília. É transmitida, de segunda a sexta-feira, às 8h, pela Rádios Nacional da Amazônia e Nacional AM do Rio de Janeiro. E também de segunda a sexta-feira, às 6h, pela Rádio Nacional do Alto Solimões

 

Mais do programa