Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Professor comenta crise política em Hong Kong

Evandro Menezes ressalta temor da população da ilha por perda de autonomia frente ao governo chinês

Revista Brasil

No AR em 27/08/2019 - 14:43

Nos últimos meses manifestantes deram início a protestos em Hong Kong. A revolta contra a possível extradição de um morador da cidade acusado de assassinato para cumprir pena na China continental foi o estompim das manifestações. Para entender melhor as implicações geopolíticas dos atritos entre a população da ilha, que, por muito tempo sob domínio inglês, foi devolvida à China em 1997, e o governo central, o Revista Brasil conversou com o professor de Direito da FGV do Rio, Evandro Menezes de Carvalho.

Para o professor, a possibilidade de que a extradição de cidadãos de Hong Kong torne-se lei e prática corrente acende no povo um temor pela perda de autonomia. "Quando a Inglaterra concordou em devolver Hong Kong à soberania chinesa entendeu-se que se daria à cidade a prerrogativa de permanecer por 50 anos no sistema capitalista", explica o professor. "Há um certo temor que depois de 2047, quando esse prazo termina, Hong Kong seja complemente absorvida pelo sistema chinês."

Evandro avalia que caso os protestos evoluam para reivindicações separatistas a adoção de respostas mais duras do governo aos manifestantes torna-se mais provável. "A China não vai assistir sentada movimentos independentistas", afirma.

Ouça a entrevista completa:

Revista Brasil vai ao ar de segunda-feira a sábado, às 8h, na Rádio Nacional de Brasília. É transmitido de segunda a sexta-feira, às 8h, na Rádio Nacional da Amazônia e na Rádio Nacional do Rio de Janeiro.

Criado em 27/08/2019 - 14:47

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa