Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Conheça os benefícios da capoterapia

Na capoeira inclusiva as atividades acontecem no ritmo do berimbau,

O Revista Brasília desta segunda-feira (14) falou sobre a capoeira inclusiva. O tema foi assunto do quadro “Sem Diferença” conversou com Gilvan Alves de Andrade, mestre de capoeira.

 

Ele explica que a capoeira inclusiva, também conhecida como capoterapia, é terapia através da capoeira. As atividades acontecem no ritmo do berimbau, resgatando as cantigas de roda, com atividade física.

 

Ele fez um regate a atividade no país: “O trabalho da capoterapia começou no Brasil em 1998 e hoje já se espalhou pelo país inteiro, com mais de 50 mil adeptos, a maioria idosos”, registra Gilvan Alves.

 

Além de idosos, o projeto também trabalha com pessoas com deficiência. O mestre ressalta que o projeto Capoeira Inclusiva está reafirmando parceria com a Pestalozzi e outras organizações.

 

Para saber mais ouça a entrevista no player disponível no topo da matéria.

 

O trabalho pode ser acompanhado site do projeto www.capoterapiaweb.com ou pelos (61) 3475-2511 ou 8100-3389 (Whatsapp).

 

O Revista Brasília, com Miguelzinho Martins, vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 10h, na Rádio Nacional de Brasília.



Capoterapia para terceira idade utiliza o lúdico da capoeira como terapia