Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Professor de Astronomia do Acre comenta os 50 anos do homem na Lua

Até hoje muitos duvidam da conquista, mas apenas 12 seres humanos - todos americanos - puseram os pés lá

Tarde Nacional - Amazônia

No AR em 24/07/2019 - 13:00

No ano em que o homem comemora os 50 anos da missão Apollo 11, que levou o homem pela primeira vez à lua, o Tarde Nacional - Amazônia fala com Aires Pergentino da Silva, professor de Física e Astronomia do Acre.

Ouça a entrevista completa no player abaixo:


Teria o homem realmente pisado na lua ou tudo não passaria de uma conspiração? Por que nunca vemos o lado escuro dela? Até hoje apenas 12 seres humanos - todos americanos - puseram os pés lá. Para 2024, a Nasa prepara uma equipe com uma integrante mulher para voltar à lua. E, em 2028, a instituição deve instalar uma colônia sustentável, para permitir a Missão Marte, já na década seguinte. 

Segundo o professor, esse é sem dúvida um feito histórico, a maior conquista de todos os tempos, que encerrou um ciclo grande que foi a 2ª Guerra Mundial. E marcou a conhecida Guerra Fria.

 

"Era aquele momento de quem poderia explorar melhor o espaço: EUA ou União Soviética. (...) Isso porque a 2ª Guerra ensinou bastante do ponto de vista bélico, dos foguetes", afirmou.

 

Na entrevista, o professor comenta a viagem ao espaço da cachorra Laika no satélite russo. E fala ainda sobre o preço desta tecnologia, o que levou a muitos protestos na época.

Sobre o homem pisar na lua, considerada a maior conquista científica, ele disse que o projeto todo envolveu cerca de quatro mil cientistas americanos. Então, eles não poderiam estar mentindo, afirmou o professor.

O programa Tarde Nacional - Amazônia vai ao ar de segunda a sexta-feira, de 13h às 16h, na Rádio Nacional da Amazônia. A apresentação é de Juliana Maya.  

Criado em 24/07/2019 - 16:40 e atualizado em 24/07/2019 - 16:39

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa