Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Psiquiatra forense comenta sobre pedofilia no Tarde Nacional

Ouça entrevista com o psiquiatra forense Danilo Baltiere sobre o transtorno pedofílico

Tarde Nacional

No AR em 17/10/2019 - 13:40

O programa Tarde Nacional conversou com o psiquiatra forense Danilo Antônio Baltiere, coordenador do Ambulatório de Transtornos da Sexualidade da Faculdade de Medicina do ABC (ABSex). Ele falou sobre pedofilia.

Ouça no player abaixo:


De acordo com Danilo, existem portadores do Transtorno Pedofílico tanto do sexo feminino quanto do masculino.

 

“A grande diferença é na proporção do problema: são nove homens para cada uma mulher. Provavelmente seja por causa dos receptores androgênicos”, considerou.

 

O especialista esclareceu a dúvida da ouvinte Maria Luiza, de Cachambi (RJ), sobre pedofilia: uma doença ou um crime?

Hoje a pedofilia é chamada de Transtorno Pedofílico, que é um transtorno mental e de difícil diagnóstico. 

 

“Nem todo o indivíduo que ofende uma criança sexualmente é portador desse problema. De 100 homens que são presos, encarcerados por terem molestado uma criança, 20 a 30% deles sofrem do transtorno psiquiátrico pedofílico", alertou.

 

O especialista afirmou que nenhum profissional de área de psiquiatria é contra a prisão de quem comete o crime de pedofilia. Ele reforçou ainda a necessidadede de tratamento para quem tem esse transtorno.

Quem comete o crime de pedofilia não necessariamente sofre de Transtorno Pedofílico. O indivíduo pode cometer pedofilia ao consumir muito álcool ou para exercer poder sobre membros familiares ou mesmo ser um estuprador de oportunidades. Por isso, a avaliação médica é muito difícil. Sem cura, esse transtorno tem controle por meio de grupos (de terapia) e medicação, analisou o psiquiatra.

Danilo Baltiere lembra que o termo “pedófilo” é um diagnóstico médico.

Tarde Nacional vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 13h, nas rádios Nacional de Brasília e Nacional do Rio de Janeiro.

Criado em 17/10/2019 - 16:20

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa