Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Rubem Confete e Rodrigo Faour destacam legado de D. Ivone Lara

Sambista e pesquisador ressaltam pioneirismo, emoção e prestígio da artista

Arte Clube

No AR em 17/04/2018 - 17:16

O Arte Clube presta homenagem a Dona Ivone Lara (1922-2018). A grande dama do samba morreu na noite de segunda-feira (17), aos 97 anos, deixando um grande legado para a música. O sambista, radialisa e pesquisador Rubem Confete contou como conheceu a artista e fez uma análise da sua obra.

"Nós perdemos uma liderança, perdemos uma estrela, que eu considero a maior estrela do mundo do samba em termos de composição, de escola de samba, de emoção. Dona Ivone Lara deixa um legado que nós temos que preservar", conta.

O pesquisador e produtor musical Rodrigo Faour destaca o pioneirismo de Dona Ivone e o prestígio que ela tinha entre os colegas de MPB.

"Antes dela, não havia praticamente mulheres nas escolas de samba. (...) Ela se realizou na carreira, morreu aos 97 anos e é muito dificil, no Brasil, uma artista dessa idade ainda ser lembrada e reverenciada. E até o fim da vida ela teve muitos tributos e homenagens. Isso é muito bonito", afirma.

​Arte Clube vai ao ar de segunda a sexta-feira, ao meio-dia, na Rádio MEC AM Rio.

Tags:  Dona Ivone Lara

Criado em 17/04/2018 - 17:24

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa