Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Conheça o trabalho da compositora Hildur Guðnadóttir, ganhadora do Globo de Ouro de 2020

Caderno de Música fala sobre o trabalho da violoncelista e compositora islandesa Hildur Guðnadóttir, autora da música de "Chernobyl" e "Coringa"

Caderno de Música

No AR em 11/01/2020 - 11:45

O Caderno de Música deste sábado (11) traz o trabalho da violoncelista e compositora islandesa Hildur Guðnadóttir que acaba de ganhar o Globo de Ouro de 2020, na categoria de melhor música original, se tornando a primeira mulher a ganhar este prêmio individualmente. 

Nascida na Islândia em 4 de setembro de 1982, Hildur Guðnadóttir possui formação clássica em violoncelo e já pertenceu a bandas de diferentes estilos, como a islandesa de música eletrônica Pan Sonic e a inglesa Throbbing Gristle. Entretanto, o reconhecimento mundial de Hildur veio através de suas trilhas sonoras para séries e filmes. Um de seus primeiros trabalhos para o audiovisual foi com a música escrita para o suspense dinamarquês “Sequestro”, do diretor Tobias Lindholm. O longa foi lançado em 2012 e recebeu diversos elogios positivos da crítica especializada. 

A partir daí, Hildur Guðnadóttir participou de muitos outros trabalhos, seja como intérprete ou compositora, até chegar a um de seus projetos mais recentes: a música original do aclamado filme “Joker” (Coringa), do diretor Todd Phillips e estrelado por Joaquin Phoenix. Este filme acaba de ganhar o Globo de Ouro de 2020 em diversas modalidades, incluindo melhor música original. 

Além da música para o filme "Coringa", Guðnadóttir fez diversos outros trabalhos para o cinema e televisão, com destaque para a composição que fez juntamente com Natalie Holt para o filme Journey's End, com o qual venceu o Festival de Berlim; a parceria com o compositor Jóhann Jóhannsson para o filme “Maria Madalena”, de 2018, que ganhou o Asia Pacific Screen Awards; e  a sua música para a série “Chernobyl”, um de seus trabalhos mais atuais que também vem chamando a atenção da crítica e com o qual já ganhou o Emmy de 2019 e está concorrendo, junto com o “Joker”, a diversas outras premiações.

E além de trabalhos para o audiovisual, Hildur Guðnadóttir também é tida como uma das maiores violoncelistas islandesas de sua geração, tendo gravado mais de cinco álbuns solos, além de diversas outras participações.

Conheça mais no Caderno de Música, que vai ao ar neste sábado, às 11h45, na MEC FM

Tags:  trilha sonora

Criado em 10/01/2020 - 14:37

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa