Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Semana da Consciência Negra no Música e Músicos do Brasil

Programa destaca alguns do mais importantes compositores negros do nosso país

Música e Músicos do Brasil

No AR em 22/11/2020 - 19:00

O Música e Músicos do Brasil deste domingo (22) celebra o mês da Consciência Negra com alguns dos mais importantes nomes da música instrumental do nosso país. 

Mesmo com o grande número de negros no Brasil, encontramos poucos compositores identificados como afrodescendentes nos livros de história da música.

Talvez um dos primeiros nomes que nos vêm à cabeça é o Padre José Maurício Nunes Garcia, considerado o principal compositor do período colonial, entre o final do século 18 e as primeiras décadas do 19.

Filho de pardos libertos e neto de escravos, José Maurício, mesmo apresentando talento musical desde muito cedo, teve uma infância pobre. O preconceito sofrido por conta da sua cor não o impediu de, aos 12 anos, ter seus próprios alunos e seguidores, com 21 anos receber o cargo de Mestre de Capela de Dom João e, poucas décadas depois, ser considerado o maior e mais prolífico compositor sacro das Américas. 

Um dos maiores compositores brasileiros de todos os tempos, Carlos Gomes, também possuía ascendência africana. Muitos, inclusive, desconhecem o fato de que o compositor era negro, já que ele aparece mais claro em vários registros. Segundo dizem, o próprio Carlos Gomes usava um bigode para disfarçar os lábios grossos e não ser caracterizado com um mulato (termo muito comum nesta época, para designar os descendentes de brancos e negros).

A sonoridade africana costuma ser bastante explorada pelos compositores clássicos brasileiros, principalmente a partir do século 20, através da escola nacionalista. Compositores como Lorenzo Fernandes, Villa-Lobos, Francisco Mignone, Radamés Gnattali e Camargo Guarnieri trabalharam muito bem os ritmos africanos em suas obras. Entretanto, quase todos os compositores nacionalistas eram brancos. Muitos deles, porém, tiveram, como mestre, um compositor negro, tido como um dos maiores nomes da música de concerto do nosso país: Francisco Braga.

Outros importantes compositores negros da história da música de concerto do país serão apresentados no programa, como Henrique Alves de Mesquita, Aurélio Cavalcante, além de grandes personagens do choro, como Anacleto de Medeiros, Pattápio Silva, Joaquim Callado e Pixinguinha.

O Música e Músicos do Brasil vai ao ar neste domingo, às 19h, na Rádio MEC.

Criado em 21/11/2020 - 14:43

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa