Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Imigração Alemã é o tema do Na Trilha da História

Historiador Rodrigo Trespach conta a saga dos alemães que chegaram no Brasil a partir de 1824

Na Trilha da História

No AR em 27/05/2020 - 11:27

O Na Trilha da História desta semana convidou o historiador Rodrigo Trespach para traçar o contexto da migração de alemães para o Brasil. Ele é o autor do livro “1824 – Como os alemães vieram parar no Brasil, criaram as primeiras colônias, participaram do surgimento da Igreja Protestante e de um plano para assassinar D. Pedro I”, lançado pela editora Leya.

 

Livro "1824", de Rodrigo Trespach
Livro "1824", de Rodrigo Trespach, por Isabela Azevedo/EBC

 

Durante a entrevista, o pesquisador contou que os alemães que tinham dinheiro para a passagem vieram com a promessa de terras, isenção de impostos e ajuda financeira. Já quem não tinha meios de pagar pelo transporte da Europa para o Brasil precisava servir no Exército ou na Marinha por quatro anos, antes de ganhar sua porção de chão. Trespach lembrou, ainda, que a vinda dos alemães, assim como de imigrantes de outras localidades europeias, marcou uma tentativa de substituir o trabalho escravo. Mas a abolição da escravidão ainda demoraria décadas para se tornar realidade.

 

Historiador Rodrigo Trespach
Historiador Rodrigo Trespach, por Tiago L. Trespach / Divulgação

 

Ao longo do reinado de Dom Pedro I, cerca de 11 mil alemães vieram por esse programa de imigração. Desse total, cerca de 5 mil se instalaram no Rio Grande do Sul, especialmente na colônia de São Leopoldo. Uma porção bem menor foi para Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, e o resto, formado pelos soldados, se dispersou pelo país ou voltou para a Europa. No entanto, a imigração alemã não se restringiu ao primeiro reinado. Ao longo do século XIX até a década de 1970, foram 255 mil imigrantes vindos de territórios que formam a Alemanha atual.

 

Trilha Sonora

A primeira parte do episódio traz músicas da banda folk alemã Die Grenzgänger, algo como “Os viajantes transfronteiriços”, em português. O grupo tem um trabalho muito interessante com música folclórica alemã e resgate histórico. Já as duas canções finais foram interpretadas por grupos formados por descendentes de imigrantes alemães que vivem no sul do Brasil. Confira a lista: “In der Heimat ist es schön” (cancioneiro popular / interpretação do grupo Die Grenzgänger); “Das Emigrantenlied” (cancioneiro popular / interpretação do grupo Die Grenzgänger); “Ein Neues Auswandererlied” (composição de Michael Zachcial / interpretação do grupo Die Grenzgänger); “Das Hungerlied” (cancioneiro popular / interpretação do grupo Die Grenzgänger); “Amigos da banda Treml” (composição e interpretação da banda Treml); “Heimatlos” (cancioneiro popular / interpretação do grupo The Schneider's).

 

Conheça o Na Trilha da História:

 

 

Atenção para mudanças nos horários do programa:

Em razão da crise do coronavírus, Nacional do Rio e a Nacional da Amazônia estão veiculando uma programação especial. Quando a situação voltar à normalidade, o Na Trilha da História voltará ao horário normal nessas emissoras. Confira a grade de transmissão para esta semana:

Sábado, 11h: Rádio Nacional FM Brasília 96,1 MHz, com reprise na quinta-feira, às 22h;

Sábado, 11h: Rádio Nacional AM Brasília 980 kHz; com reprise no domingo, às 11h;

Domingo, 11h: Rádio Nacional do Rio de Janeiro 1.130kHz;

Sábado, 7h: Rádio MEC do Rio 800kHz, com reprise no sábado, às 17h, e no domingo, às 7h;

Quinta, 22h: Rádio MEC FM Rio 99,3 MHz;

Sábado, 11h (horário de Brasília): Rádio Nacional da Amazônia 11.780kHz e 6.180kHz em rede com a Rádio Nacional do Alto Solimões AM 670 kHz, FM 96,1 MHz, com reprise no domingo, às11h;

Na Trilha da História é apresentado pela jornalista Isabela Azevedo. Sugestões para o programa podem ser enviadas para culturaearte@ebc.com.br. Caso queira receber notícias do programa pelo WhatsApp, envie uma mensagem para (61) 98375-4918.

Os áudios do Na Trilha da História podem ser disponibilizados para retransmissão, sem fins comerciais, por meio da licença Creative Commons CC BY-NC-ND. Esta licença permite que os programas sejam retransmitidos desde que não sejam editados e mantenham o crédito da Rádio Nacional e da Rádio MEC - Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Em caso de interesse, basta enviar um e-mail para culturaearte@ebc.com.br.

 

Criado em 27/05/2020 - 12:14 - Episódio Na Trilha da História - Imigração alemã

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa