Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Na Trilha da História mostra mudanças na alimentação, na moradia e no lazer dos brasileiros

Historiadora Mary del Priore revela como as formas de comer, morar e se divertir evoluíram no Brasil ao longo do século XX

Na Trilha da História

No AR em 01/12/2020 - 12:19

O Na Trilha da História desta semana parte das mudanças provocadas pela pandemia no cotidiano dos brasileiros para tratar da evolução de alguns hábitos ao longo do século XX. O foco deste programa está voltado para moradia, alimentação e lazer. A entrevista é com a historiadora Mary del Priore, autora da coleção Histórias da Gente Brasileira, lançada pela editora Leya. Nesta série de quatro livros, a pesquisadora aborda costumes e a vida privada no Brasil durante os períodos colonial, imperial e republicano.

A historiadora contou na entrevista que, durante o século XX, os brasileiros experimentaram profundas mudanças na forma de se alimentar. A partir dos anos 50, as famílias deixaram de comprar apenas nas vendas para explorar a diversidade de produtos dos supermercados. Especialmente a partir da década de 70, com a mulher cada vez mais presente no mercado de trabalho, a dinâmica dos lares precisou mudar. A popularização de alguns utensílios domésticos, como o congelador e o micro-ondas, ajudaram muito a acelerar a preparação das refeições. A multiplicação dos restaurantes que vendiam comida a quilo também alterou bastante a rotina de alimentação das famílias.

Durante o programa, Mary del Priore ainda lembrou que as cidades também ganharam cara nova na segunda metade do século XX. Prédios imensos foram erguidos e surgiram os condomínios fechados. As formas de diversão dos brasileiros também mudaram muito na segunda metade do século XX. Os shoppings centers invadiram os grandes centros urbanos e os jovens ocuparam as praias brasileiras, em especial a partir dos anos 60 e 70.

Trilha Sonora

As músicas deste episódio remetem à alimentação, à moradia e ao lazer do brasileiro. Confira a lista: Conversa de Botequim (composição de Noel Rosa e Vadico / interpretação de Moreira da Silva); O Rancho da Goiabada (composição de João Bosco e Aldir Blanc / interpretação de Elis Regina); O Morro não tem vez (composição de Tom Jobim e Vinicius de Moraes / interpretação de Elis Regina e Jair Rodrigues); Saudosa Maloca (composição de Adoniran Barbosa / interpretação dos Demônios da Garoa); e Dancin' Days (composição de Nelson Motta e interpretação das Frenéticas).

Conheça o Na Trilha da História

 

Atenção para mudanças nos horários do programa:

Em razão da crise do coronavírus, Nacional do Rio e a Nacional da Amazônia estão veiculando uma programação especial. Quando a situação voltar à normalidade, o Na Trilha da História voltará ao horário normal nessas emissoras.

Confira a grade de transmissão para esta semana:

Sábado, 11h: Rádio Nacional FM Brasília 96,1 MHz, com reprise na quinta-feira, às 22h;

Sábado, 11h: Rádio Nacional de Brasília AM 980 kHz; com reprise no domingo, às 11h;

Domingo, 11h: Rádio Nacional Rio de Janeiro 1.130kHz;

Sábado, 7h: Rádio MEC do Rio 800kHz, com reprise no domingo, às 7h;

Quinta, 22h: Rádio MEC FM Rio 99,3 MHz;

Sábado, 11h (horário de Brasília): Rádio Nacional da Amazônia 11.780kHz e 6.180kHz em rede com a Rádio Nacional do Alto Solimões AM 670 kHz, FM 96,1 MHz, com reprise no domingo, às 11h.

 

O Na Trilha da História é apresentado pela jornalista Isabela Azevedo. Sugestões para o programa podem ser enviadas para culturaearte@ebc.com.br. Caso queira receber notícias do programa pelo WhatsApp, envie uma mensagem para (61) 98375-4918.

Os áudios do Na Trilha da História podem ser disponibilizados para retransmissão, sem fins comerciais, por meio da licença Creative Commons CC BY-NC-ND. Esta licença permite que os programas sejam retransmitidos desde que não sejam editados e mantenham o crédito da Rádio Nacional e da Rádio MEC - Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Em caso de interesse, basta enviar um e-mail para culturaearte@ebc.com.br.

 

Tags:  Mary Del Priore

Criado em 01/12/2020 - 12:19

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa