Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Olimpíada Nacional em História do Brasil está com inscrições abertas

Podem participar professores e alunos dos ensinos Fundamental (8º e 9º anos) e Médio de escolas públicas e particulares de todo o país

Nacional Jovem

No AR em 13/03/2020 - 16:00

O Nacioinal Jovem desta sexta-feira (13) fala sobre a 12ª edição da Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB) que está com inscrições abertas até o dia 24 de abril. Podem participar professores e alunos dos ensinos Fundamental (8º e 9º anos) e Médio de escolas públicas e particulares de todo o país. Cada equipe é formada por um professor de História e três alunos. A competição conta com seis fases online – com duração de uma semana cada – além da final presencial realizada na Unicamp, em Campinas/SP. As provas começam no dia 4 de maio e seguem até 13 de junho. Já a grande final ocorre nos dias 15 e 16 de agosto.

Sobre essa edição, Ediléia Martins conversou com a coordenadora da Olimpíada de História, Cristina Meneguello. Segundo ela, a história conversa com outras disciplinas também. "As pessoas, às vezes, tem uma imagem de que a História é uma disciplina chata, cansativa, na qual você precisa só ter boa memória e decorar informações. E é justamente o contrário disso. Ela é muito estimulante e faz com que você descubra acontecimentos e pessoas que você nem imaginou que existiriam e que tem influência sobre a forma com que a gente vive hoje. Ela não é um tema que fica preso no passado. Pelo contrário, o passado continua vivo dentro do presente", opina a coordenadora.

Na entrevista, ela diz que na Olimpíada eles tem a chance de trabalhar com documentos reais, com textos de universidades, com materiais que muitas vezes eles não viram. Aí vão agindo como jovens historiadores na construção do conhecimento. A partir de 14 de março, o período de inscrição segue sem desconto. Sendo de: R$60,00 (sessenta reais) por equipe para escolas públicas e R$120,00 (cento e vinte reais) por equipe para escolas particulares.

A premiação, de acordo com Cristina, é de medalhas de ouro para 15 equipes, 25 equipes ganham medalha de prata e 35 equipes ganham medalha de bronze. Também todos que chegam a etapa final ganham medalha de participação ou de Honra ao Mérito. A cada fase, eles recebem também um certificado. A grande novidade desse ano, é que a Unicamp dará para os dois alunos mais bem colocados na Olimpíada o ingresso imediato no curso de História. 

Quer saber mais? Acompanhe a entrevista completa no player acima. 

O programa Nacional Jovem vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 16h, na Rádio Nacional da Amazônia, e às 15h, na Rádio Nacional do Alto Solimões

Criado em 13/03/2020 - 17:41 e atualizado em 13/03/2020 - 17:38

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa