Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Projeto em Macapá atende gratuitamente pessoas com Parkinson e Alzheimer

Um dos propósitos do projeto é obter dados e informações sobre as condições desses pacientes no estado para a criação de políticas públicas

Repórter Nacional - Amazônia

No AR em 30/01/2018 - 07:40

O Projeto Reviver, da Universidade Federal do Amapá (Unifap), trabalha com uma equipe multidisciplinar de médicos, farmacêuticos, enfermeiros, nutricionistas e fisioterapeutas para acompanhar tanto o tratamento dos pacientes com Parkinson e Alzheimer quanto os cuidadores.

A meta é que mais profissionais como psicólogos e educadores físicos sejam integrados à equipe.

Um dos propósitos do projeto é obter dados e informações sobre as condições desses pacientes no estado para a criação de políticas públicas e projetos voltados a esse público. Mas o principal objetivo é aumentar a qualidade de vida de todos os envolvidos no tratamento.

Para participar, o paciente deve ser encaminhado por um médico ao projeto e o cuidador ou acompanhante deve levar o encaminhamento à secretaria da Unifap até o dia 12 de março.

Ouça o Repórter Nacional - Amazônia (7h40) desta terça-feira (30):

Confira tembém nesta edição:

- Produtos de origem amapaense vão receber selo de certificação que será lançado hoje 

Criado em 30/01/2018 - 08:56

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa