Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Estudo revela que coronavírus infecta e se replica em glândulas salivares

Pesquisa da USP aponta também a relevância das pessoas assintomáticas, pois cerca 80% dos contaminados são assintomáticos

Revista Brasil

No AR em 06/07/2021 - 10:19

Estudo da Universidade de São Paulo (USP) publicado em revista científica mostra que o novo coronavírus também pode infectar e se replica nas glândulas salivares. 

Sobre o tema, o Revista Brasil entrevistou Bruno Fernandes Matuck, pesquisador da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) e primeiro autor do estudo.

Ele comenta que o trabalho mostra uma nova vertente de estudos sobre o SARS-CoV-2: até então, acreditava-se que o vírus era transmitido através de fluidos respiratórios, vindos do pulmão ou da cavidade nasal, em momentos em que o paciente tossia ou espirrava. Essas secreções nasais respiratórias viriam para o ar e, a partir daí, as pessoas se contaminariam. O estudo da USP demonstra que não só fluidos respiratórios contém essa capacidade de contaminação, mas também a saliva.

Em função dessa descoberta, o estudo traz luz sobre como funciona a contaminação por pessoas assintomáticas - estima-se que cerca de 80% dos contaminantes são assintomáticos, e que ainda tem capacidade de contaminação importante. "Não necessariamente é preciso ter uma secreção nasal ou pulmonar. Basta a pessoa estar salivando - que é algo que fazemos o tempo inteiro, seja falando ou se alimentando - e as gotículas já tem um potencial de contaminação bastante importante", explica. 

Sobre beijo, Matuck diz que esta pode ser sim uma ação com potencial de contaminação. "De fato, o nosso trabalho vem mostrando que pode existir contaminação pelo contato de saliva com a mucosa, o que acontece no beijo. Tem a questão da carga viral, o quanto a contribuição dessa saliva contaminada passando de uma pessoa para outra pode ser relevante a ponto de transformar uma pessoa em doente ou não. Isso é um trabalho que a gente ainda está desenvolvendo, que é para ver quanto dessa saliva é necessária para deixar o outro paciente doente. Acredito que nos próximos meses a gente vai ter alguma resposta nesse sentido".

O resultado da pesquisa reforça a necessidade do uso de máscara nos ambientes, evitar falar próximo aos alimentos e a lugares de preparo de comida. 

Confira entrevista no player acima.

Revista Brasil vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 8h, pelas rádios Nacional AM Brasília e Nacional AM Rio, e às 6h (horário local) pela Rádio Nacional do Alto Solimões. Aos sábados, o programa vai ao ar às 8h pela rádio Nacional AM Brasília.

 

 

Criado em 06/07/2021 - 11:18

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa