Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Depressão: um mal que atinge também as crianças

Como os pais podem perceber os sinais? É preciso um diagnóstico médico? A verdade é que mesmo em casa com a família, a criança pode se sentir sozinha

Tarde Nacional

No AR em 22/01/2021 - 14:30

Os casos de depressão na infância têm crescido consideravelmente ano após ano. De acordo com dados de fevereiro de 2020 da Organização Mundial de Saúde (OMS), o crescimento foi de 4,5% para 8% na última década. Estima-se que atualmente 350 milhões de pessoas em todo o mundo sofram de depressão, sendo que de 1% a 2% são crianças.

Sobre esse assunto, o Tarde Nacional conversou com a psicanalista Elizandra Sousa. Você sabe como identificar a depressão? Segundo Elizandra, a depressão é uma impossibilidade que a pessoa tem de lidar com algumas questões e quem tem como principal sintoma o sentido de não ser nada.

"Na depressão, a gente percebe que as pessoas se sentem como se  não servissem pra nada, não fazem nada, nada que fazem dá resultado. As pessoas acham que, às vezes, é tristeza, mas é o sentido de não sirvo pra nada, não deveria existir", esclarece ela.

Agora, neste período de pandemia, em que as pessoas tem mais medo, não sabem o que vai acontecer, as pessoas ficam mais introspectivas O problema é quando esse sintoma se estende, aponta a especialista.

Mas como os pais podem identificar que o filho está com depressão? Na entrevista, Elizandra esclarece que a criança pode apresentar dificuldades de atenção e no aprendizado, agressividade e até uma certa angústia.

Além de apresentar atitudes de isolamento, cansaço ou reclamar demais. Ou, ainda, uma criança que fica muito calada, irritada, ou seja com reações diferentes do seu comportamento habitual é necessário buscar o diagnóstico com um especialistas.

"Então, uma criança que já é muito agitada se ela começar a ficar muito quieta, ela pode estar sofrendo de depressão. Ao contrário também. Se uma criança que é muito quietinha começa a ficar muito agitada, ela pode estar sofrendo de depressão também. Daí a importância de um diagnóstico médico. Às vezes o próprio pediatra já pode identificar isso", complementa a psicanalista, que afirma ainda ter aumentado o número de crianças com depressão durante este período de pandemia. 

O ideal é estabelecer uma rotina para essa criança? O que falar do excesso digital para as crianças? Ouça a entrevista completa, no player acima. 

Tarde Nacional vai ao ar de segunda a sexta-feira, no horário de 13h às 15h, pela Rádio Nacional de Brasília. 

Criado em 22/01/2021 - 17:56 e atualizado em 22/01/2021 - 17:52

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa