Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Brasil chega a registrar 200 mortes de grávidas por covid-19

O estudo realizado pelo Sivep-Gripe indica sérios problemas na qualidade da saúde pública brasileira

Viva Maria

No AR em 30/07/2020 - 20:48

O Sivep-Gripe (Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe) divulgou nesta quinta-feira (30) dados alarmantes sobre a mortalidade de gestantes e puérperas por Covid-19: pelo menos 200 mulheres faleceram até o dia 14 de julho. O estudo revela ainda que 22,6% delas nem mesmo tiveram acesso a um leito de UTI.

Os resultados passam agora por análise de um grupo de obstetras e enfermeiras de 12 universidades públicas, entre elas, a Fiocruz, a USP, Unicamp e Unesp.

As mortes maternas, além de muito tristes para qualquer família, são também indicadores da qualidade dos serviços de saúde pública oferecida em um país. O Brasil registra por ano cerca de 60 mortes de mulheres grávidas ou no pós-parto por 100 mil nascimentos de bebês vivos, uma taxa já considerada alta.

A enfermeira Paula Viana, que há mais de 30 anos se dedica à saúde reprodutiva, traz mais informações sobre esta realidade em um bate papo com a apresentadora Mara Régia.

Acompanhe no player:

Criado em 30/07/2020 - 20:52

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa