Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Na Trilha da História lembra a trágica vida da rainha inglesa Ana Bolena

Historiador Renato Drummond Neto detalha a trajetória da rainha que não gerou um herdeiro do sexo masculino e foi decapitada por ordens do esposo, o rei Henrique VIII

Na Trilha da História

No AR em 14/05/2018 - 12:02

No próximo sábado, dia 19 de maio, faz 482 anos que a rainha inglesa Ana Bolena foi decapitada por ordens do esposo, o rei Henrique VIII. Para lembrar a trajetória dela, o Na Trilha da História desta semana tem como convidado o historiador Renato Drummond Neto, autor do livro "Rainhas Trágicas - Quinze mulheres que moldaram o destino da Europa" e do site com o mesmo nome.

Historiador Renato Drummond Neto, autor do livro "Rainhas Trágicas"

Ana Bolena foi a segunda esposa do rei Henrique VIII. Em 1527, ele pediu a anulação do casamento com a rainha Catarina de Aragão, que não havia gerado herdeiros do sexo masculino, apenas uma menina. O monarca já estava envolvido com a jovem Ana Bolena e, para conseguir casar-se novamente, rompeu com a Igreja Católica. Em 1533, Ana tornou-se a nova rainha da Inglaterra. Mas por ironia do destino, ela também só gerou uma menina e, por isso, pagou muito caro. Forjou-se uma história que Ana Bolena teria traído Henrique VIII, inclusive com o próprio irmão. Diante disso, ela foi condenada à morte e Henrique VIII ainda teve outras quatro esposas. No entanto, foi a filha dela, Elizabeth, uma das rainhas mais longevas da Inglaterra: permaneceu no trono por 44 anos. 

Ouça o programa completo no player acima.

Segundo Renato, Ana Bolena não se enquadrava no padrão da mulher tradicional inglesa, ou seja, era mais sedutora, mesmo não sendo considerada bonita para a época.

Muito querida pelos ingleses, Catarina de Aragão não queria aceitar a anulação do casamento.

A Igreja Católica nunca reconheceu a anulação, o que acabou resultando na criação da Igreja Anglicana, para legitimar a união de Henrique VIII com Ana Bolena.

Livro "Rainhas Trágicas", do historiador Renato Drummond Neto

Trilha Sonora
A trilha sonora deste episódio é formada por cinco músicas do álbum "The balad of Anne Boleyn", "A balada da Ana Bolena", em português. O disco foi composto pela escocesa Karliene Reynolds em homenagem à segunda esposa de Henrique VIII. Confira a lista das canções: "Born to be your queen" ("Nascida para ser sua rainha"), "I will be no mistress" ("Eu não serei sua amante"), "Elizabeth's lullaby" ("Canção de ninar de Elizabeth"), "To God I commend my soul" ("Para Deus eu entrego minha alma") e "Winter Rose" ("Inverno rosa").

Confira aqui os horários do programa:

Sábado, 16h: Rádio Nacional FM Brasília 96,1 MHz, com reprise na quarta, às 23h;
Sábado, 11h: Rádio Nacional AM Brasília 980 kHz, com reprise no domingo, às 6h;
Sábado, 6h: Rádio Nacional do Rio de Janeiro 1.130kHz;
Sábado, 18h: Rádio MEC AM do Rio de Janeiro 800kHz;
Domingo, 6h (horário de Brasília): Rádio Nacional da Amazônia 11.780kHz e 6.180kHz em rede com a Rádio Nacional do Alto Solimões AM 670 kHz, FM 96,1 MHz.

O Na Trilha da História é apresentado pela jornalista Isabela Azevedo. Sugestões para o programa podem ser enviadas para culturaearte@ebc.com.br.

Os áudios do Na Trilha da História podem ser disponibilizados para retransmissão, sem fins comerciais, por meio da licença Creative Commons CC BY-NC-ND. Esta licença permite que os programas sejam retransmitidos desde que não sejam editados e mantenham o crédito da Rádio Nacional e da Rádio MEC - Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Em caso de interesse, basta enviar um e-mail para culturaearte@ebc.com.br.   

Mais do programa