Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

César Ladeira: como era a "voz da Revolução Constitucionalista"?

Ícone da era de ouro do rádio é homenageado no quadro "O rádio faz

No início dos anos 1930,  o jornalista e estudante de Direito César Ladeira foi convencido a fazer um teste na Rádio Record, de SP. No momento do teste, em vez de ler anúncios, César apresentou um discurso com críticas ao presidente Getúlio Vargas. A voz e o discurso agradaram a direção da emissora.  Começava, então, a carreira profissional de um dos mais famosos radialistas do Brasil.

 

No período da Revolução Constitucionalista, a Rádio Record decidiu fazer transmissões políticas e uma dobradinha com a Rádio Mayrink Veiga, do Rio de Janeiro. César Ladeira ficou conhecido como 'a voz da revolução'.  Estimulava os paulistas a lutarem, a se sacrificarem, pela causa. A Revolução durou dois meses e foi esmagada pelo Exército de Getúlio. Muita gente foi presa, inclusive César Ladeira. Na cadeia, o jovem jornalista e radialista aproveitou para escrever um livro: o primeiro dedicado ao rádio no País.

 

Com colaboração da jornalista e professora da PUC-RJ, Rose Esquenazi, o quadro 'O rádio faz história' do programa Todas as Vozes relembra um áudio de 1957 em que César Ladeira celebra o movimento constitucionalista de 1932 e destaca o envolvimento das famílias paulistas no conflito.

 

Todas as Vozes vai ao ar de segunda a sexta, das 7h05m às 10h, na MEC AM do Rio de Janeiro, com apresentação do jornalista, radialista e professor Marco Aurélio Carvalho.



Mais do programa