Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Campanha nas redes sociais alerta para riscos do câncer de pênis

Na entrevista, secretário-geral da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) tira dúvidas sobre a doença

Tarde Nacional - Amazônia

No AR em 24/02/2021 - 13:29

O Tarde Nacional - Amazônia desta quarta-feira (24) vai falar sobre o câncer de pênis, que apesar da baixa incidência pode impactar de forma significativa na qualidade de vida dos pacientes, levando até a amputação do membro caso não seja tratado. Para saber mais sobre os sintomas, causas e tratamentos, Juliana Maya conversou com o secretário-geral da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), Alfredo Canalini.

Confira no player acima.

Segundo Alfredo, os índices desse tipo de câncer são maiores nas regiões norte e nordeste.

Na entrevista, ele comenta que o câncer de pênis é muito mais fácil de ser detectado do que o câncer de cólon de útero.

 

"Cito este último por ambos terem o HPV como um dos fatores de risco. No pênis, é possível detectar mancha marrom-azulada ou mudanças na cor e textura da pele, as feridas que não se cicatrizam, secreções com odor ruim ou mesmo nódulos que o paciente pode notar não só no próprio pênis ou mesmo mínguas na região da virilha. Qualquer lesão semelhante é um sinal de alerta muito importante que deve ser tratado de imediato", apontou.

 

Mas o que causa o câncer de pênis? Uma das melhores formas de prevenção é a correta higienização do pênis.

 

"Por incrível que pareça, o homem não sabe lavar o pênis. A gente fica vendo como é que eles não arregaçam aquela pelezinha que cobre o pênis, que nós chamamos de prepúcio. Para que haja ali uma limpeza adequada com água e sabão. E acabou de lavar bota a pelezinha novamente pra frente. E quando ele não consegue fazer essa retração da pele, a gente chama de fimose. O que demanda uma cirurgia para a retirada dessa pele, que também é conhecida como circuncisão".

 

Leia também: Campanha conscientiza sobre a importância da higiene na prevenção ao câncer de pênis

Ele lembra também da importância do uso do preservativo durante a relação, inclusive pela vulnerabilidade causada pelas infecções sexualmente transmissíveis (IST).

A SBU realiza ainda lives para esclarecer mais dúvidas sobre o câncer de pênis, no perfil do Portal da Urologia

O programa Tarde Nacional - Amazônia vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 13h às 15h, na Rádio Nacional da Amazônia.

Criado em 24/02/2021 - 16:46 e atualizado em 24/02/2021 - 16:41

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa