Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Peste suína africana aumenta a exportação da carne suína brasileira

Especialista apresentam os preços dos principais produtos agrícolas

Brasil Rural

No AR em 21/05/2019 - 06:12

No quadro Mercado e Cotações, o Brasil Rural entrevistou Argemiro Brum, professor da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí), que falou sobre o mercado de arroz, feijão, soja, milho e carnes.

Segundo o professor, ao final deste mês, o arroz indicou a menor safra dos últimos 15 anos. Os estoques estão baixos, com mais exportações do que importações. A consequência é uma oferta apertada e tendência de alta. Diante desse cenário, ele ressalta que o jogo comercial parece mais viável nesse momento. 

O preços médios fecharam em R$ 44,30 o saco de 50kg no Rio Grande do Sul e R$ 48,00 no oeste da Bahia o saco de 60kg. Argemiro conta que o Brasil fechou acordo para vender arroz para o México em troca de feijão mexicano.

O feijão está com preços reduzidos e agora há uma dependência do clima para a 2ª safra. O feijão carioca no Paraná fechou em R$ 110,00 e em Minas Gerais em R$ 120,00. A média do feijão preto nas regiões ficou entre R$ 140,00 e R$ 160,00 por saco.

O preço do boi gordo ficou estável nesta semana. O arroba do boi gordo fechou em R$ 154,00 em São Paulo e R$ 139,00 em Goiânia.

Os preços do suínos se elevaram devido ao ajuste da produção e ao aumento da exportação por causa da peste suína africana. Para o produtor, os preços médios ficam em R$ 4,09 no Paraná e R$ 3,83 em Santa Catarina.

Ouça a entrevista no player abaixo:

 

Brasil Rural vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 5h, pelas rádios Nacional AM Brasília e Nacional AM Rio; sábado, às 5h, pela Rádio Nacional do Alto Solimões e, às 7h, pelas rádios Nacional AM Brasília e Nacional da Amazônia.

Criado em 21/05/2019 - 06:41

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa