Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Na Trilha da História relata combate às doenças infecciosas no Brasil

Além de mostrar a trajetória do país na luta contra doenças como gripe espanhola e varíola, o episódio presta homenagem a Noel Rosa, que morreu há 83 anos de tuberculose

Na Trilha da História

No AR em 04/05/2020 - 10:37

O Na Trilha da História desta semana traça um paralelo entre a crise atual provocada pelo coronavírus e o passado recente do Brasil. Durante o século XX, quais outras doenças infecciosas impactaram o país? Quem esclarece esta questão é a médica e historiadora Dilene Raimundo do Nascimento, doutora em História Social pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e pesquisadora e professora do Programa de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde, da Casa de Oswaldo Cruz – Fiocruz. O programa ainda traz uma homenagem ao compositor Noel Rosa, que morreu há exatos 83 anos, de tuberculose, uma das doenças discutidas neste episódio.

Vacinação contra a Varíola em 1963

Vacinação contra varíola em 1963 / Arquivo Nacional - Acervo Correio da Manhã

 

A pesquisadora detalhou como o Brasil lidou, no início do século XX, com o avanço da febre amarela, da varíola e da peste bubônica. As ações propostas pelo governo do presidente Rodrigues Alves, em 1904, culminaram na chamada “Revolta da Vacina”. Ela lembrou também que, alguns anos mais tarde, em 1918, o vírus da gripe espanhola entrou sorrateiramente pelos portos do país. Hospitais entraram em colapso e cadáveres acumularam-se nas ruas. Esta foi a mais emblemática crise provocada por um microrganismo no século XX, mas outras doenças infecciosas assustaram as autoridades públicas e a população. Durante a entrevista, a historiadora deu o exemplo da tuberculose e da poliomielite.

Pesquisadora Dilene Raimundo do Nascimento, da Casa de Oswaldo Cruz

Pesquisadora Dilene Raimundo do Nascimento, da Casa de Oswaldo Cruz / Fiocruz

 

Trilha Sonora

Todas as músicas deste episódio foram compostas por Noel Rosa, que morreu em 4 de maio de 1937, há exatos 83 anos. Ele tinha 26 anos de idade e sofria de tuberculose. A pesquisadora Dilene Raimundo do Nascimento esclareceu, durante a entrevista, como o estilo boêmio do sambista contribuiu para o agravamento da doença. O destaque da seleção de canções vai para “Ao meu amigo Edgar”, uma carta que Noel escreveu para seu médico Edgar, que o acompanhou no tratamento. A letra foi musicada por João Nogueira e incluída no disco “Vida de Boêmio”, de 1978.

Lembrança de Noel Rosa

Noel Rosa morreu em 4 de maio de 1937, há exatos 83 anos

 

Confira a lista completa de músicas selecionadas: “Ao meu amigo Edgar” (composição de Noel Rosa e João Nogueira / interpretação de João Nogueira); “Último desejo” (composição de Noel Rosa / interpretação de Maria Bethânia); “Fita Amarela” (composição de Noel Rosa / interpretação do grupo Gomalina Clube); “Eu sei sofrer” (composição de Noel Rosa / interpretação de Valéria Lobão e Nina Wirtti); “Silêncio de um minuto” (composição de Noel Rosa / interpretação de Roberta Sá); e “Adeus” (composição de Noel Rosa / interpretação de Toquinho e Vinicius de Moraes).

 

Conheça o Na Trilha da História:

 

Atenção para mudanças nos horários do programa:

Em razão da crise do coronavírus, Nacional do Rio e a Nacional da Amazônia estão veiculando a mesma programação na Nacional AM de Brasília. Quando a situação voltar à normalidade, o Na Trilha da História voltará ao horário normal nessas emissoras. Confira a grade de transmissão para esta semana:

Sábado, 11h: Rádio Nacional FM Brasília 96,1 MHz, com reprise na quinta-feira, às 22h;

Sábado, 11h: Rádio Nacional AM Brasília 980 kHz; com reprise no domingo, às 11h;

Sábado, 11h: Rádio Nacional do Rio de Janeiro 1.130kHz; com reprise no domingo, às 11h;

Sábado, 7h: Rádio MEC do Rio 800kHz, com reprise no sábado, às 17h, e no domingo, às 7h;

Quinta, 22h: Rádio MEC FM Rio 99,3 MHz;

Sábado, 11h (horário de Brasília): Rádio Nacional da Amazônia 11.780kHz e 6.180kHz em rede com a Rádio Nacional do Alto Solimões AM 670 kHz, FM 96,1 MHz, com reprise no domingo, às11h;

Na Trilha da História é apresentado pela jornalista Isabela Azevedo. Sugestões para o programa podem ser enviadas para culturaearte@ebc.com.br. Caso queira receber notícias do programa pelo WhatsApp, envie uma mensagem para (61) 98375-4918.

Os áudios do Na Trilha da História podem ser disponibilizados para retransmissão, sem fins comerciais, por meio da licença Creative Commons CC BY-NC-ND. Esta licença permite que os programas sejam retransmitidos desde que não sejam editados e mantenham o crédito da Rádio Nacional e da Rádio MEC - Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Em caso de interesse, basta enviar um e-mail para culturaearte@ebc.com.br.

 

Criado em 04/05/2020 - 12:35 - Episódio Na Trilha da História - Doenças Infecciosas no Brasil

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa